terça-feira, 15 de março de 2011

quinta-feira, 10 de março de 2011

inspiração

Partiste!
Procuro-te sem te encontrar.
Onde estás?
Sem ti sinto-me perdido
Só… Volta!

Como?

que se passa? onde estou? que sítio é este?

Ausência

O meu coração salta
O teu olhar me mata
Ardo por dentro,
Mas sem ti é noite.


Voltaste

voltaste e contigo veio a amargura nas palavras que irei escrever...

Lágrima

Este dia escuro como a noite,
orvalho madrugador em olhos de cristal surge.
Segredos sussurrados,
confissões sem deliberações.
Cravaste o teu punhal
nas minhas costas
que até ao coração perfurou.

Inocência

Voa pelo ar, sendo livre
A vida está, na frescura
Encontro no olhar, o teu brilho
Tua voz me chama, quero ir
Esta chama, que arde em mim
O teu fogo, dentro de mim

Alma Negra

Brisa fria
Água sem vida
Voz ausente
Noite sem luar

Deixo-me Levar

Mas sei que nunca estarei sozinho...
é dificil caminhar contra a maré, mas por mais fortes que sejam as ondas tu estarás lá. EU SINTO-TE

Força do Amor

Caminho na solidão
Navegando contra a maré
Perdido na escuridão
Sem forças pra caminhar